Skip to content

Dicas para motivar a poupança

by João on Fevereiro 5th, 2011

Pague se a si próprio primeiro – Não importa se este mês têm de pagar o seguro do carro, ou têm alguma despesa pontual.Coloque de parte pelo menos 10 a 20 % do sue rendimento mensal, para uma outra conta bancária, ou para um depósito a prazo, agende essa transferência automaticamente logo após o seu vencimento, e não caia na tentação de gastar esse dinheiro.Ao ter menos dinheiro na conta principal, será um motivo para evitar despesa desnecessárias.

Tente seguir as dicas de poupança deste e de outro sites- Poderá parecer ridículo poupar 0.02 € numa saco do supermercado, óbvio que não são 2 cêntimos que fazem a diferença, mas se começar a fazer pequenos esforços para obter pequenas poupanças irá dar mais valor ao seu dinheiro e, com isso obtém motivação para poupar ainda mais.

Não compre inutilidades – Se é daquelas pessoas que não consegue ir ao chinês sem gastar dinheiro, ou vai ao supermercado comprar batatas e trás o carrinho de compras cheio, é sinal que têm de ter mais atenção aos seu gastos.Antes de comprar pense nos benefícios da compra, se for algo de valor mais elevado, adie a compra 1 dia ou 2 enquanto pesa os benefícios da compra

Não tente impressionar os outros – Com bens materiais … tente antes impressiona-los com as sua capacidade de economizar, e com os seus investimentos.Impressionar com bens materiais sai caro.

Pense no que poderia fazer com as suas poupanças – Viagens de sonho, comprar carro sem se endividar etc … ajudará a motivação para poupar.

Tenha  310 000 € na sua reforma – com apenas 98 € mês a uma rentabilidade de 6% durante 45 anos, é assim quando se recebe juros e não se paga!Exprimente a simular um crédito habitação de 310 000 € a 45 anos e veja a diferença!

Invista parte do seu dinheiro em fundos de investimento com boa rentabilidade – Pode existir algum risco, mas facilmente obtêm as rentabilidades referidas anteriormente .O fundo de investimento BPI Brasil, em 2009 teve uma rentabilidade de 30%.Através dos fundos pode investir em acções e outras recursos financeiros deixando a gestão para profissionais.Em alguns fundos basta 500 € para por o dinheiro a trabalhar para si!




From → Outros

Sem comentarios

Comentar

Note: XHTML permitido. O seu e-mail nunca sera publicado

Subescrever comentarios via rss